Vista por muitos apenas como um item estético, a película protetora para vidros automotivos tem funções que atendem a outras necessidades.

Além de proteger a visão e a pele dos que estão dentro do carro contra os raios ultravioletas emitidos pelo sol, a película – filme ou insulfilm como é conhecida popularmente -, protege o interior do veículo, evitando que esses raios danifiquem o painel e os bancos.
Se você instalou o insulfilm no seu carro, então precisa de certos cuidados ao fazer a limpeza dos vidros. E essa atenção começa ao sair da loja.

PRAZO DE SECAGEM
logo após instalada a película no carro, seu prazo de secagem é de 72 horas. Durante esse período, o usuário não poderá subir ou descer o vidro e, principalmente, limpá-lo.

“É preciso ter paciência porque não se deve tocar e nem abrir os vidros nesta fase evitando assim a formação de bolhas e deslocamento da película. Sugiro também não ligar o ar-condicionado nestas 72 horas para evitar a alteração da temperatura enquanto colagem está em andamento”.

CUIDADOS AO LAVAR
Muitas pessoas ainda não sabem como limpar os vidros de insulfilm e cometem erros primários danificando em definitivo a película protetora. “Para começar, a melhor maneira de limpar o vidro de insulfilm é passar um espanador ou uma flanela seca sobre a superfície dele.

“O espanador é importante porque retira a camada de sujeira ajudando a prevenir aqueles riscos no filme”. Outra dica importante é o cuidado que se deve ter ao lavar os vidros não usando acessórios como anéis, pulseiras e relógios já que estes artigos podem atingir a película.

É importante não lavar o carro sobre o sol. “Procure abrigar o veículo do sol. Uma das finalidades do insulfilm é proteger o interior do carro contra os raios solares, mas ele pode ser desgastado com essa exposição”, diz.

SEM PRODUTOS ÁCIDOS
Outro ensinamento importante, é no sentido de a pessoa nunca utilizar detergente ou álcool, pois esses produtos costumam manchar a película.

“Se estes cuidados forem tomados, a película pode durar até três anos”, explica, lembrando que, com a aplicação de álcool ou produtos ácidos, o verniz que protege a primeira camada do filme tende a ser removido, fazendo com que o material perca o brilho, a proteção antirrisco e, o mais importante, o filtro solar”, finaliza.